Logo Principal
Covid-19

Evento discute trabalho do SUS no contexto da Covid-19

​A I Jornada Paranaense de Educação Permanente em Saúde acontece nesta terça e quarta-feira (17 e 18) com transmissão pela internet. Objetivos são valorizar os profissionais da área e apresentar experiências em diversas regiões do Estado para aprimorar os serviços.

18/11/2020 10h10
Por: Redação
Fonte: AEN
Divulgação
Divulgação

O desenvolvimento da força de trabalho do SUS no contexto da Covid-19 é o tema da I Jornada Paranaense de Educação Permanente em Saúde, que apresenta trabalhos e relatos de experiências relacionadas ao novo coronavírus. O evento promovido pela Secretaria de Estado da Saúde, por meio da Escola de Saúde Pública do Paraná (ESPP), acontece nesta terça e quarta-feira (17 e 18), com transmissão pela internet.

​Para o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, a divulgação das atividades que foram e estão sendo realizadas é importante para mostrar o trabalho de quem atua no Sistema Único de Saúde. “Todas estas iniciativas, práticas e tentativas que melhoram e aprimoram os serviços devem ser registrados. Esse evento tem esse objetivo de documentação, de registro para que outros possam ter acesso também”.

Na programação constam apresentações de experiências de todas as regiões do Estado. O secretário complementa que neste momento de pandemia a saúde é o foco da sociedade. “Eu deixo o meu agradecimento a todos os trabalhadores da saúde”.

O diretor-geral da ESPP, Edvar Daniel, afirmou que o intuito é valorizar a atuação dos profissionais na atenção primária e na atenção hospitalar, além de tratar das novas tecnologias. “Estamos falando sobre a questão dos limites e potencialidades das novas tecnologias, o que nós estamos praticando, como estamos nos capacitando ou treinando. Queremos levar para os nossos trabalhadores todas as informações necessárias para enfrentamento dessa pandemia, o que foi vivenciado até hoje no nosso estado e no nosso país”.

Para assistir às apresentações basta acessar o  canal do youtube.

OUTROS TEMAS - Beto Preto reforçou a importância da vacinação. “A poliomielite está erradicada há tantos anos e temos um grande dever de casa que é fazer acontecer a vacinação contra a doença. Estamos passando por uma concreta mudança, uma quebra de paradigma inclusiva, e nós temos que pensar um novo cotidiano que vamos viver dentro de algum tempo”.O atendimento médico remoto, ou telemedicina, também foi abordado por Beto Preto. O Paraná disponibilizou durante a pandemia um aplicativo para que pacientes possam passar por consulta não presencial e, dessa forma, evitar o deslocamento a uma unidade de saúde. No início de novembro foi lançada a segunda versão da plataforma para que pacientes sejam consultados remotamente. Faç AQUI o download do aplicativo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias