Logo Principal
Paraná

Seis meses após iniciar a vacinação, Paraná chega a 6,9 milhões de doses aplicadas

Número foi atingido neste domingo, 18 de julho, contado desde o início da campanha, em 18 de janeiro. Agilidade do Estado, rede logística que inclu...

18/07/2021 11h40
Por: Redação
Fonte: Secom Paraná
© Ari Dias/AEN
© Ari Dias/AEN

Há exatos seis meses, em 18 de janeiro, desembarcavam no Paraná as primeiras doses do imunizante Coronavac, produzido pelo laboratório Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, para dar início a uma campanha de vacinação que se tornou a maior arma para vencer a pandemia de Covid-19.

Desde a noite daquela segunda-feira chuvosa, em que oito profissionais de saúde da linha de frente do Complexo Hospitalar do Trabalhador, de Curitiba, receberam as primeiras doses, o Estado chega a este domingo, 18 de julho, com 6.964.371 vacinas aplicadas, uma média de 38,4 mil doses administradas por dia nos 399 municípios. É o quinto estado com o maior número de aplicações, praticamente colado com a Bahia.

“Desde o início da campanha o Estado se esforçou para que a vacina chegasse o mais rápido possível aos braços dos paranaenses”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Estruturamos uma rede logística, com a utilização das aeronaves da frota estadual para fazer a distribuição do imunizante de forma ágil, e contamos com o apoio de todos os municípios, que estão vacinando de domingo a domingo”, destaca.

Até o momento, 5.418.621 paranaenses foram vacinados, o que corresponde a 62,1% da população adulta do Estado. Destes, 33,6% já está com o escudo de imunização completa, com a aplicação das duas doses ou do imunizante de dose única - um total de 1.821.513 pessoas. Os dados constam nosistema do Ministério da Saúde, atualizado em tempo real pelos municípios.

O secretário estadual da Saúde, Beto Preto, salienta que já é possível observar resultados positivos conforme a campanha avança, como a redução dos internamentos de idosos nas UTIs, público que foi em sua maioria imunizado. “A vacinação tem sido o principal instrumento de defesa nesse momento, é o que vai nos dar a condição de superar essa dificuldade do coronavírus. Estamos construindo um escudo imunológico coletivo, porque quando o grupo de vacinados aumenta, diminui a transmissão e a contaminação geral da população”, diz.  

O calendário de vacinação contra a Covid-19 prevê vacinar com a primeira dose toda a população adulta do Paraná até o final de setembro, atingindo 80% desse público até o fim de agosto. Para este domingo está previsto o limite para vacinar toda a faixa dos 40 anos.

PÚBLICOS –Ao mesmo em tempo em que segue vacinando os grupos prioritários, aqueles que estão mais expostos ao vírus ou têm maiores chances de desenvolver as formas graves da doença, o Paraná também já aplicou 1.942.294 doses de imunizantes na população em geral, com idade entre 18 e 59 anos. É o terceiro estado brasileiro que mais vacinou esse público em números absolutos de doses.

Também foram aplicadas 3.024.113 doses nas pessoas com 60 anos ou mais; 743.557 nos profissionais da saúde; 563.925 em pessoas com comorbidades; 225.573 em trabalhadores do ensino básico; 84.360 em caminhoneiros, sendo que a maioria (75.070) de dose única; 72.150 em gestantes e puérperas; 62.341 em pessoas com mais de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência para idosos (ILPI); 51.081 em pessoas com deficiência permanente; 24.463 na população privada de liberdade; 19.174 em indígenas; 8.308 em quilombolas; 3.422 em pessoas em situação de rua; 3.352 em pessoas com deficiência institucionalizadas e 2.748 na população ribeirinha.

Entre as outras categorias profissionais, foram administradas 34.350 vacinas nos trabalhadores das forças de segurança e salvamento; 31.691 nos profissionais de ensino superior; 15.505 nos trabalhadores do transporte coletivo rodoviário; 14.102 em trabalhadores de limpeza; 13.003 em portuários; 10.378 nas Forças Armadas; 4.576 em funcionários do sistema penitenciário; 4.511 em trabalhadores industriais; 4.198 do transporte aéreo; 2.475 do transporte ferroviário e 191 do transporte aquaviário.

MUNICÍPIOS –Em números absolutos, os dez municípios que mais aplicaram vacinas foram Curitiba (1.218.064); Londrina (359.864); Maringá (342.350); Cascavel (212.139); Ponta Grossa (181.788); São José dos Pinhais (157.771); Foz do Iguaçu (155.173); Colombo (115.364); Paranaguá (111.459) e Guarapuava (87.620).

Até agora, o Paraná recebeu 8.568.170 doses de imunizantes do Ministério da Saúde, sendo que 8.332.670 foram distribuídas aos municípios. Parte das vacinas é reservada para aplicação da segunda dose, para completar o esquema vacinal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias