Logo Principal
Covid-19

Com seis mortes de Covid-19 na última semana, Toledo emite alerta vermelho

Município tem 4665 casos confirmados da doença e 50 mortes

10/09/2020 11h18
Por: Redação
Fonte: Catve
Divulgação
Divulgação

Na tarde da última terça-feira (08) a Secretaria Municipal de Saúde de Toledo, por meio do Comitê de Operações Emergenciais (COE) divulgou o Boletim Epidemiológico atualizando o número de novos casos infectados com o novo coronavírus, além de anunciar o 50° óbito, vítima da Covid-19.

Coma mais 42 novos casos positivos de Covid-19, o número de confirmações da doença subiu para 4.624, sendo que 3.880 pessoas já estão recuperadas. Dos 50 óbitos registrados desde o início da pandemia, 27 foram confirmados no SUS (Sistema Único de Saúde) e 15 no setor de Saúde Privada e Suplementar.

A equipe técnica que analisa os dados leva em consideração vários fatores de comparação da última semana epidemiológica com a semana anterior. Com base nesta evolução, o COE emitiu o Alerta Vermelho, passando de risco moderado para risco alto, devido a piora da situação da pandemia no Município.

O aumento de casos positivos e os seis óbitos de Covid-19 registrados na última semana pesaram para a evolução do quadro em Toledo.

Média Móvel

Em um mês, a média móvel diária de novos infectados pelo novo coronavírus aumentou 174,39%. A média diária de casos em 08 de agosto era de 21,71 e passou a 59,57 um mês depois, nesta terça-feira (08).

Também houve piora na taxa de letalidade. Um mês atrás a cada 100 pessoas contaminadas em Toledo, 0,86 evoluíram para óbito. Em um mês a taxa de letalidade piorou. Agora, a cada 100 casos confirmados, 1,08 evoluem para óbito. Uma piora de 25,58%.

Perfil

Se considerar o perfil dos novos casos positivos para Covid-19, entre 26 de julho e 31 de agosto de 2020, a maioria das pessoas contaminadas (80,5%) estão na faixa etária entre 20 e 59 anos de idade.

Ao considerar o tipo de contágio presumido, 43,20% teve contaminação comunitária (quando não se sabe ao certo a origem) e 27% laboral (contraído no ambiente de trabalho ou relacionado a ele).

A grande preocupação dos profissionais de saúde é de que as pessoas que estão contraindo o vírus são aquelas economicamente ativas, na idade adulta, com a saúde mais estabilizada. Porém, elas acabam sendo transmissoras do vírus para os familiares e pessoas de idade mais avançada.

A média de idade dos óbitos registrados até o dia 08 de setembro em Toledo é de 68 anos. Como em geral esse público já está circulando menos, os cuidados com as pessoas contactantes devem ser redobrados.

Encaminhamentos

Mais do que nunca todos devem colaborar: só saia de casa se for necessário, higienize as mãos várias vezes ao dia, evite contato direto com outras pessoas, use máscara do jeito certo e cubra o rosto com o braço ou um lenço sempre que tossir ou espirrar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias