Logo Principal
Covid-19

Semana é marcada por novos investimentos e avanços na vacina russa

Empreendimentos da TatraBras, Boticário e Cooperativa Lar vão gerar três mil empregos no Estado. Em saúde, além da vacina, também teve avanço em estrutura hospitalar, com a inauguração do Erastinho, em Curitiba, e início de obras de ampliação em Hospital da Providência de Apucarana.

05/09/2020 11h40
Por: Redação
Divulgação
Divulgação

A semana foi marcada por três grandes investimentos que vão gerar três mil empregos no Paraná nos próximos anos, indicando confiança dos empresários com a retomada da economia do Estado. O Porto de Paranaguá também bateu recordes de exportação em apenas oito meses de um ano. O volume de soja embarcado em 2020 já supera em 5,1% o total exportado no ano de 2019.

Segundo o governador Carlos Massa Ratinho Junior, o Estado começa a reverter uma situação difícil em parceria com o setor produtivo. “Estou muito confiante com o Paraná porque o nosso potencial é imenso. Estamos recuperando as perdas, crescendo em volume industrial e no comércio, retomando as atividades ligadas ao serviço”, afirmou. “A pandemia provocada pelo novo coronavírus desacelerou nosso crescimento, mas estamos investindo nos municípios, gerando empregos, ultrapassando esse momento difícil”.

A semana também foi marcada pelo anúncio de resultados preliminares positivos da vacina russa Sputnik V na revista científica The Lancet. O diagnóstico sugere que a vacina produz uma resposta das células T (de defesa) dentro de 28 dias. O Governo do Paraná submeterá o protocolo de validação da fase 3 de estudos clínicos no País à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) até o final de setembro.

O governador também cumpriu agendas importantes relacionadas à saúde. Foi inaugurado o Erastinho, em Curitiba, primeiro hospital oncopediátrico do Sul do País, depois de investimento de R$ 19 milhões do Governo do Estado. Em Apucarana, no Vale do Ivaí, um aporte de R$ 16,2 milhões vai ampliar o Hospital da Providência. Os recursos serão usados na modernização de uma área de 2.720 metros quadrados e também na construção do terceiro pavimento da unidade. O hospital terá uma nova maternidade, o setor de pediatria e 28 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

NOVOS INVESTIMENTOS NO PARANÁ

TatraBras

A montadora de caminhões TatraBras, que pertence ao grupo CSG Aerospace, da República Tcheca, oficializou investimento de R$ 102 milhões até 2026 em uma planta em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais. Serão gerados aproximadamente 300 empregos diretos no período de vigência do acordo, que prevê, ainda, preferência para contratação de mão de obra local e intercâmbio de dez estudantes brasileiros para participar de um programa de treinamento na matriz da Tatra, em Kopřivnice, na República Tcheca. A transferência de tecnologia, instalação da fábrica e início efetivo da produção estão previstos para fevereiro de 2021. A TatraBras vai produzir em Ponta Grossa veículos off-road para solos difíceis nas categorias 6x6 e 8x8, voltados para os setores de mineração, produção florestal e sucroalcooleiro.

Grupo Boticário

O Paraná voltará a ser base de operação do comércio eletrônico do Grupo Boticário no Brasil. Com apoio do Governo do Estado, a companhia vai investir R$ 83,5 milhões para implantar duas unidades de e-commerce, que vão operacionalizar o comércio de cosméticos em todo o território nacional, e também de um Centro de Distribuição para atender a região Sul. A previsão é que a implantação das novas unidades, em Curitiba e Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana, crie entre 600 e 700 empregos diretos.

Lar Cooperativa Agroindustrial

O governador Ratinho Junior participou nesta semana da inauguração do novo frigorífico da Lar Cooperativa Agroindustrial em Rolândia, no Norte do Paraná. O complexo industrial terá um abatedouro de aves com capacidade de processamento diário de 175 mil frangos, uma fábrica de rações com capacidade de produzir 19 mil toneladas/mês e uma unidade de recepção e beneficiamento de grãos com capacidade de 16,8 mil toneladas. Neste frigorífico serão gerados 1.911 empregos diretos. Na operação de arrendamento, a Lar assumiu 300 aviários envolvendo 270 produtores distribuídos em 41 municípios do entorno de Rolândia. Com esse frigorífico, a cooperativa deve atingir a marca de 700 mil aves abatidas ao dia já a partir deste mês, com expectativa de alcançar 900 mil aves abatidas ao dia em 2023.

ECONOMIA

Soja

O volume de soja embarcado pelo Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá em oito meses de 2020 já supera em 5,1% o total exportado no ano de 2019. De janeiro a agosto, foram quase 11,15 milhões de toneladas exportadas do grão. No ano passado inteiro, de janeiro a dezembro, foram pouco mais de 10,6 milhões de toneladas da oleaginosa embarcadas pelo complexo. Considerando todos os graneis movimentados, o volume chegou a cerca de 14,9 milhões de toneladas de soja, farelo e milho. Faltando ainda quatro meses para o fechamento do ano, o corredor já movimentou quase 74% do volume total registrado em 2019 – 20,2 milhões de toneladas.

Frango

O governador se reuniu com a nova diretoria do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) e disse que o Estado tem interesse em ampliar a quantidade de granjas nos pequenos municípios para gerar mais empregos e desenvolvimento, além de fortalecer a cadeia com acesso a crédito, nova infraestrutura e energia elétrica sem interrupções. O Paraná responde por 36% da produção nacional com mais de 20 mil granjas de frango de corte, e em 2019 atingiu recorde de abates de aves, com 1,87 bilhão de cabeças. O Estado é o principal exportador de carne de frango do Brasil, responsável por 40% do mercado.

PANDEMIA

Vacina russa

O Governo do Paraná submeterá o protocolo de validação da fase 3 de estudos clínicos da vacina russa Sputnik V no País à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) até o final de setembro. Depois de aprovado pelos órgãos regulatórios, a previsão é que o início dos testes aconteça até o final de outubro. Nesta semana foi publicado um estudo com resultados preliminares na revista científica The Lancet, que reconhece uma boa resposta imune dos 76 participantes das fases 1 e 2. O diagnóstico sugere que a vacina produz uma resposta das células T (de defesa) dentro de 28 dias.

Transparência

Informações sobre contratações e aquisições emergenciais no portal sobre o coronavírus aumentaram a nota do Paraná na avaliação da Transparência Internacional Brasil. O Estado se mantém no conceito ótimo, relativo a mais de 80 pontos, desde o início da classificação feita pela entidade civil. Nesta edição, o Paraná alcançou 89 pontos, superando os 87,3 conseguidos na última avaliação, a partir da qual aumentou o número de critérios. O Estado subiu uma posição, ficando em 13º lugar, com a oitava melhor nota.

Pesquisa

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) e a Universidade Estadual de Maringá (UEM) foram contempladas com recursos do governo federal para apoiar o desenvolvimento de pesquisas relacionadas à Covid-19. A UEL foi contemplada com R$ 931,4 mil para desenvolver pesquisas na área de diagnóstico. Já a UEM vai receber R$ 332,41 mil para auxiliar as pesquisas relacionadas ao enfrentamento da Covid-19 e suas consequências em pacientes.

Ouvidoria

Em cinco meses de pandemia, a Ouvidoria Geral da Saúde recebeu 26 mil solicitações, aumento muito expressivo em relação ao ano passado. O motivo é a pandemia do novo coronavírus. Em março de 2019, por exemplo, foram contabilizados 2.139 atendimentos, enquanto em 2020 foram 7.487 manifestações. O trabalho silencioso e discreto tem alcance em todo o Estado. Há ouvidores nas 22 Regionais de Saúde do Paraná, assim como em todos os hospitais próprios e outras unidades hospitalares. Desde a divulgação dos primeiros casos, a Ouvidoria Geral da Saúde do Estado passou a atender 24 horas por dia, sete dias por semana, sem cessar.

Merenda

Já são seis meses de entrega da merenda nas 2.143 escolas estaduais do Paraná. A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte atingiu a marca de 29 mil toneladas de alimentos distribuídos para as famílias dos 231 mil alunos beneficiários do Bolsa Família. Quinzenalmente, as escolas fazem não só a entrega dos kits de merenda, como também a distribuição de materiais impressos aos alunos que estão com dificuldade de acesso às aulas remotas. O repasse dos alimentos da merenda às famílias foi determinado por decreto do governador assim que as aulas presenciais foram suspensas por causa da Covid-19.

ESTADO

Investimento na Saúde

Foi inaugurado o Erastinho, primeiro hospital oncopediátrico do Sul do País. Idealizado pelo Hospital Erasto Gaetner, referência no tratamento de câncer no Paraná, a unidade recebeu investimento de R$ 30 milhões, sendo que mais de R$ 19 milhões foram destinados pelo Governo do Estado. O hospital é filantrópico e atende também pelo SUS. Com uma área de 4,8 mil metros quadrados, a unidade vai atender exclusivamente crianças e adolescentes com câncer, que hoje fazem tratamento na Ala Pediátrica do Hospital Erasto Gaertner. A expectativa com a nova unidade é dobrar a capacidade de atendimento oncopediátrico, com foco também no diagnóstico precoce, na promoção e prevenção de saúde.

Investimento em Apucarana

O Governo do Estado vai investir R$ 16,2 milhões na reforma e ampliação do Hospital da Providência, em Apucarana, no Vale do Ivaí. O prazo para a conclusão da obra é de 18 meses. O hospital é filantrópico e cerca de 80% dos atendimentos são realizados por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Os recursos serão usados na modernização de uma área de 2.720 metros quadrados e também na construção do terceiro pavimento da unidade. Ele terá uma nova maternidade, o setor de pediatria e 28 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Investimento em Rebouças

O governador Ratinho Junior entregou as chaves de novas moradias para 53 famílias de Rebouças, na Região Centro-Sul do Estado. As casas fazem parte do programa Nossa Gente Paraná, destinado a pessoas em situação de vulnerabilidade social. Ao todo, 165 pessoas serão beneficiadas diretamente. O investimento por parte do Governo do Estado foi de R$ 4,3 milhões, o que permitiu que os imóveis fossem repassados gratuitamente aos moradores.

Anel de Integração

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) publicou os três editais de licitação restantes para contratar empresas que atuarão na fiscalização de todas as medidas, atividades e obrigações do encerramento dos contratos dos pedágios que compõem o atual Anel de Integração. Essas licitações visam a contratação de uma empresa especializada em inventário patrimonial; auditoria e inspeção das condições das obras de arte especiais (viadutos, trincheiras, pontes), obras de arte correntes (bueiros), estruturas de contenção de taludes e dispositivos de drenagem (sarjetas, valetas, drenos); e auditoria e avaliação da sinalização horizontal, sinalização vertical e dispositivos de segurança.

Inovação

O Governo do Estado recebeu dez carros elétricos modelo Zoe, da Renault, como parte do projeto VEM PR. A parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Parque Tecnológico de Itaipu (PTI) visa estimular a adoção de políticas sustentáveis e a difusão de modelos inovadores de gestão governamental. O Paraná será a segunda unidade da Federação a participar desse projeto pioneiro de mobilidade urbana na administração pública. Os novos Zoe serão incorporados à frota do Estado em regime de comodato e serão utilizados prioritariamente para as demandas da Secretaria de Estado da Saúde durante a pandemia.

Nova lei do Ceasa

O governador Ratinho Junior sancionou a lei que regulamenta a organização e o funcionamento dos mercados de produtos alimentares geridos pelas Centrais de Abastecimento do Paraná S.A (Ceasa Paraná). A nova lei (20.302/2020) abre espaço para associações e pequenas cooperativas poderem participar do comércio atacadista de hortigranjeiros no Estado. O projeto proposto pelo Poder Executivo e aprovado pelos deputados estaduais define que haverá processo licitatório para utilização do espaço para pessoa jurídica. O prazo definido de permissão é de 25 anos. Para a pessoa física a ocupação será admitida com a comprovação de ocupação como produtor rural individual, podendo pertencer a associação ou cooperativa. O prazo da autorização remunerada de uso nesta modalidade pode ser de um a cinco anos.

Novos professores

O governador nomeou 11 professores para a Universidade Estadual do Paraná (Unespar). Os novos docentes atuarão em nove cursos ofertados nos campi Apucarana, Curitiba I, Curitiba II, Campo Mourão e União da Vitória.

i-Lab Agro

O Governo do Estado lançou o projeto de criação do Laboratório de Inovação i-Lab Agro. Ligado ao Sistema Estadual de Agricultura do Paraná (Seagri), ele tem como objetivo tornar o Estado mais competitivo também na área de tecnologia para o agronegócio, da mesma forma que já é na produção de alimentos. Essa primeira etapa envolve discussões sobre o modelo do laboratório.

Pense Agro

Com cerca de 500 pessoas e 46 equipes participantes, o hackathon Pense Agro desenvolveu uma série de projetos para levar alternativas inovadoras à agricultura familiar e ao currículo do ensino técnico agrícola do Paraná. Nesta semana foram divulgados os dez finalistas e os três projetos vencedores da maratona de inovação. A iniciativa tem o objetivo de fomentar a cultura da inovação na agricultura familiar e desenvolver soluções tecnológicas para os colégios agrícolas paranaenses, um primeiro passo para a implantação do projeto-piloto da Escola Agrícola 4.0. Confira os melhores trabalhos.

Vazio sanitário

O período do vazio sanitário da soja acaba no dia 10 de setembro, quando o plantio do grão estará liberado em todo o Estado. Essa é uma medida de manejo agrícola prevista em legislação fitossanitária adotada pela Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar). O objetivo é conter o avanço da ferrugem da soja, doença que se não for controlada de forma adequada pode causar prejuízos econômicos de até 90% à cultura da soja no Estado.

Casas populares

Foram entregues 156 apartamentos para famílias de Foz do Iguaçu, na região Oeste. Os imóveis estão localizados nos Residenciais Angatuba I e II, que recebeu R$ 27,2 milhões de investimentos em um projeto integrado do Governo do Estado com o governo federal e a prefeitura. Os imóveis têm aproximadamente 43 metros quadrados e são distribuídos em 22 blocos, em condomínios com vagas de garagem cobertas, espaços de convivência e lazer.

Lei Aldir Blanc

Termina no próximo dia 14 o prazo para o credenciamento de trabalhadores e trabalhadoras de toda a cadeia produtiva da cultura que preenchem os requisitos para receber o auxílio emergencial de renda previsto pela Lei Aldir Blanc. Quem tiver seu cadastro aprovado terá direito a três parcelas de R$ 600 de auxílio, pagas de uma única vez, retroativamente. Estima-se que o Paraná estará no primeiro lote de recursos a serem repassados pelo governo federal nos próximos dias.

MON virtual

O Museu Oscar Niemeyer intensificou a produção de conteúdo virtual, aumentando o público nas redes sociais e propiciando conhecimento e descontração neste período de distanciamento social. As atividades realizadas pelo MON já alcançaram mais de três milhões de pessoas pelas redes sociais da instituição. Em cinco meses também foram disponibilizadas mais de 40 oficinas via YouTube, Instagram e Facebook, com alcance superior a 260 mil pessoas.

Gás mais barato

A Compagas anuncia a redução na tarifa do gás natural canalizado no Paraná. Na média, os valores das tarifas foram reduzidos em 11,27%. O setor industrial, que responde por mais de 85% do volume distribuído pela Companhia, conta com uma redução média na tarifa de 11,41%; e o Gás Natural Veicular (GNV) terá uma queda de 13,29%. A redução na tarifa atinge também os clientes do mercado urbano. Para o comércio, a redução média é de 8,32%, e para o residencial, o desconto pode chegar a 7,15%.

Conflitos fundiários

O Governo do Estado e o Tribunal de Justiça do Paraná formalizaram uma atuação conjunta para a resolução e mediação dos conflitos fundiários e para evitar a judicialização das dívidas dos mutuários da Cohapar. Processos envolvendo reintegração de posse, desocupações, regularização de loteamentos clandestinos e outras questões relacionadas à disputa de terras, em imóveis rurais ou urbanos, serão intermediados pelo Cejusc Fundiário, que atuará em todas as comarcas. O Paraná conta com mais de 100 áreas em situação de conflito no meio rural.

Gestão hídrica

O Comitê de Bacia Hidrográfica (CBH) do Alto Ivaí entrou em atividade nesta semana para realizar a gestão de recursos hídricos na Região Central do Estado. Ele foi criado em 2013, mas ainda não havia iniciado efetivamente suas atividades na área. A diretoria foi escolhida para o mandato 2020 a 2024 na primeira eleição de comitês de bacias do Paraná promovida por meio de plataforma digital. A Bacia do Alto Ivaí compreende parte do Rio Ivaí abrangendo cerca de 70 municípios, desde Prudentópolis (Centro-Sul) até Campo Mourão (Noroeste).

Turismo I

O Parque Vila Velha reabriu com capacidade de público limitada a 50%, além de outras medidas de prevenção ao coronavírus. Sob a nova administração da concessionária Soul Vila Velha, o local ganhou cara nova e passou por melhorias estruturais, especialmente no Centro de Visitantes. A principal mudança é a visita autoguiada, que ganhou sinalização autoexplicativa para que ninguém perca detalhes importantes sobre os três atrativos naturais do Parque: os Arenitos, as Furnas e a Lagoa Dourada.

Turismo II

A Sanepar reabriu as visitas ao Centro de Educação Ambiental Mananciais da Serra (CEAM) e ao Reservatório do Carvalho, em Piraquara. Elas obedecerão a protocolo de segurança de proteção à Covid-19 e seguem a portaria 223/2020 do Instituto Água e Terra (IAT), vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, que regula a reabertura das Unidades de Conservação no Paraná. As medidas protetivas incluem restrição ao número de visitantes, uso obrigatório de máscara, respeito às normas de higiene e distanciamento social.

Segurança pública

A Secretaria da Segurança Pública do Paraná abriu edital de contratação temporária de 85 profissionais, sendo 57 psicólogos, 15 médicos psiquiatras e/ou especialistas em saúde mental e 13 assistentes sociais. As inscrições devem ser feitas no site da pasta (http://www.seguranca.pr.gov.br), entre 09 e 22 de setembro.

Filme do Alex

Depois do sucesso no Brasil, onde foi exibido em diversas salas de cinemas e plataformas digitais (VOD), o documentário Alex Câmera 10, que retrata a carreira do ex-jogador paranaense Alex, vai ganhar o mundo. O filme começou a ser exibido em 63 países de língua inglesa, entre eles Estados Unidos, Inglaterra, Canadá, Austrália, Nova Zelândia e África do Sul. A distribuição é da Amazon Prime, que possui 150 milhões de assinantes. Isso só foi possível com o investimento do BRDE, Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e Ancine.

Ponte da Integração

O DER-PR iniciou a publicação de boletins online mensais sobre o andamento da Ponte da Integração Brasil – Paraguai. Cada edição conta com um resumo das principais realizações do mês, detalhes sobre a estrutura e a porcentagem de conclusão da obra, de acordo com a medição mais recente. A primeira edição aborda a chegada das maiores longarinas metálicas da obra no lado brasileiro, enquanto a edição mais recente destaca o início da montagem da aduela metálica, estrutura composta pelas duas longarinas e sete transversinas metálicas, e que será a primeira a compor o vão livre da ponte.

Edital no Porto de Paranaguá

A empresa pública Portos do Paraná publicou o edital do leilão de área para movimentação de veículos, no Porto de Paranaguá. A PAR12 fica no lado leste do cais, tem 74 mil metros quadrados e pátio com capacidade para 4 mil vagas. Destinado à movimentação de carga do tipo Ro-Ro (Roll on/ Roll off), o arrendamento é no modelo sem estrutura física (greenfield). O critério de licitação será o maior valor de outorga e a estimativa de custos de investimento (Capex) é de R$ 22,2 milhões.

Obras no Litoral

O Litoral recebeu, desde janeiro de 2019, um total de R$ 27.440.886,18 que viabilizam 41 ações para a aquisição de veículos e equipamentos, ou obras de pavimentação e de infraestrutura para o atendimento às populações locais e de visitantes. A pavimentação asfáltica e recape receberam o maior volume de recursos: R$ 10.735.625,33, para obras em 71.285,49 m². Em seguida vêm as ações de urbanização de vias, com o investimento de R$ 4.459.382,26 e as aquisições de equipamentos e veículos que receberam R$ 4.363.888,25. As iniciativas, que têm a operação do Serviço Social Autônomo (Paranacidade, vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, estão concluídas, em execução ou já receberam as autorizações para realizar a licitação ou mesmo as autorizações para a contração dos fornecedores.

Google Classroom

Estudantes do Paraná bateram a marca de 4 milhões de atividades entregues por dia por meio do aplicativo Google Classroom. O número foi alcançado no dia 26 de agosto pelos alunos que usam a plataforma para seguir com as aulas remotas durante a pandemia. Além da quantidade, houve também um alto percentual de acertos apresentado pelos estudantes, que responderam corretamente 75% das atividades. Os valores mostram o engajamento dos estudantes com as aulas virtuais, além do compromisso em fazer as avaliações que os professores pedem. A marca é inédita e mostra uma crescente: semana após semana, o número de atividades entregues aumenta.

Dengue

A Secretaria da Saúde apresentou  o plano de ação de enfrentamento da dengue para 2020/2021, que contém ações dos cinco componentes do Programa Nacional de Controle da Dengue, que são: vigilância epidemiológica, controle vetorial, assistência, gestão e comunicação. Além de novas formas de combate, duas grandes inovações estão previstas no Plano de Ação: a testagem qualificada para dengue, em parceria do Lacen (Laboratório Central do Estado) e universidades estaduais, e a inversão da lógica do atendimento ao infectado que terá como porta de entrada a Atenção Primária à Saúde, envolvendo as equipes municipais para avaliação de risco e primeiro atendimento ao paciente.

PARANÁ EM OBRAS

Umuarama

As obras da duplicação de 2,9 quilômetros da Avenida Portugal, em Umuarama, no Noroeste do Paraná, começaram há pouco mais de um mês e estão em ritmo bastante avançado, chegando a 30% da execução. Já é possível ver o traçado em terra da nova pista, quase apto a receber asfalto, assim como as máquinas trabalhando diariamente no nivelamento da base e estruturação das próximas etapas. A expectativa é de entrega até o final do ano. A avenida é uma rota alternativa do Centro da cidade ao shopping, a um novo atacadão e ao terminal rodoviário. Ela também é um importante eixo de comércio e conexão com as saídas para Cruzeiro do Oeste e Nova Olímpia, e terá capacidade para dividir o tráfego com a Avenida Paraná. O investimento da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas é de R$ 4,9 milhões.

Santa Terezinha do Itaipu

A mais antiga e tradicional escola de Santa Terezinha de Itaipu, na Região Oeste, reabrirá em breve com uma estrutura renovada. O Colégio Estadual Carlos Zewe Coimbra ganhou de presente de aniversário de 67 anos uma reformulação completa. Ampliado pela Fundepar, as obras incluem construção de uma biblioteca, cozinha com refeitório, quadra de esporte coberta, vestiário e passarelas de acesso. Além disso, todo o bloco administrativo e a atual quadra passam por reforma. O investimento por parte do Governo do Estado é de R$ 2,2 milhões.

Guaíra

O aprisionamento improvisado dará espaço para organização e infraestrutura adequada de execução penal em Guaíra, no Oeste do Paraná, já a partir deste ano. A transformação será possível com a construção da nova cadeia pública da cidade, no Parque Industrial, com investimento de R$ 16,4 milhões do Ministério da Justiça e da Segurança Pública, com contrapartida do Governo do Estado. Com a obra, a atual carceragem, próxima ao prédio da prefeitura e em uma zona turística, será desativada. O novo espaço de 23 mil metros quadrados (cerca de três campos de futebol) terá muro de cinco metros de altura, espaço para 770 presos alocados em 114 celas (incluindo espaços de isolamento e visita íntima) e quatro pátios coletivos para o banho de sol. Tudo envelopado com concreto reforçado e sob os olhares dos agentes penitenciários, que terão uma passarela superior para controlar a segurança do local.

Carambeí

Basta circular por alguns minutos pela Estrada de Catanduvas, em Carambeí, para ter um retrato da importância da produção leiteira para o município dos Campos Gerais. Em cada uma das margens da via é possível ver os galpões usados para a ordenha nas propriedades. O asfalto que reveste a via que liga Catanduvas, um dos dois distritos rurais de Carambeí, à sede da cidade já não suporta e está passando por revitalização. A obra abrange 6,3 quilômetros da via, iniciando na ligação com a PR-151, e está sendo executada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística, com apoio da prefeitura. São quase R$ 7 milhões investidos no projeto.

Colorado

O investimento de R$ 774,2 mil do Governo do Estado na nova sede do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Paranapanema (Cisvap), em Colorado, no Noroeste do Paraná, cumpre uma das bandeiras da saúde pública: atendimento perto da casa das pessoas. O aporte de recursos é da Secretaria de Saúde e a previsão é de conclusão ainda neste ano. O consórcio já percorreu vários prédios, sempre em caráter provisório, e agora ganha uma instalação definitiva e totalmente equipada. O imóvel é da prefeitura, uma antiga Estação do Ofício, e foi cedido por vinte anos para uso exclusivo dos serviços de saúde. O centro médico atenderá pacientes de Jardim Olinda, Paranacity, Lobato, Colorado, Santa Inês, Santo Inácio e Nossa Senhora das Graças.

Toledo

Em obras desde agosto do ano passado, a rodoviária de Toledo recebe investimentos de R$ 1,8 milhão do Governo do Estado. Os recursos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, são a fundo perdido. A contrapartida municipal é de R$ 94 mil. O terminal foi construído em 1985 e passou por apenas uma reforma desde então.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias